Total de visualizações de página

quinta-feira, 5 de março de 2009

Mulheres guerreiras!

 

mulher Denise Mustafá

Já escrevi sobre as mulheres. Mulheres que acho incríveis, batalhadoras. Mulheres do meu tempo e de tempos antigos. Mulheres conhecidas e mulheres que só conheci através de suas biografias.

O tempo passa e o que me parece é que por mais que lutemos ainda não conseguimos uma igualdade em relação aos homens.

Acabei de ler sobre Mary Wollstonecraft. Uma inglesa do século XVIII que analfabeta até os 16 anos, foi a primeira  pensadora inglesa a denunciar a opressão feminina em livros apaixonados como :SOBRE A EDUCAÇÃO DAS MOÇAS (1787) e REINVINDICAÇÃO DOS DIREITOS DA MULHER (1792).

Mas sua vida pessoal foi mais eloquente que toda sua obra literária. Filha de pai violento, que preferia abertamente os filhos homens e,pensava que alfabetização não cabia às moças que eram preparadas somente para se casar e servir ao marido.

Mary aprendeu a ler e escrever com vizinhos e devorou o que tinha de melhor da literatura da época.

Autodidata, tornou-se tradutora, jornalista e professora e conseguiu seu maior objetivo: não depender de homem nenhum, pelo menos financeira e intelectualmente.

Trabalhou para ter o próprio dinheiro, desprezou o casamento, teve uma filha fora dele e quando se rendeu à união formal, exigiu viver em casas separadas.

É certo que pagou um alto preço por tudo isto. Se ainda hoje isso é considerado uma ousadia, imagine naquele tempo.

Teve uma filha: chamada Mary Shelley que, também escritora, foi a  criadora de Frankenstein.

Mas hoje, não quero falar só dessas mulheres lutadoras e fortes que desafiam as convenções.

Quero falar daquelas mulheres que encontramos todos dias, que parecem frágeis e resignadas ao seu destino mas são mais fortes que rochas.

Quero falar daquelas mulheres que se misturam à multidão sem serem notadas.

Mulheres como as nordestinas, que com um fiapo de voz num corpo esquálido, contam em poucas e duras palavras a luta de criar os filhos.

Vivem numa miséria total onde até o bem mais precioso da vida, que é a água, lhes falta.

Viúvas de maridos vivos!

Muitos assim as chamam… mas acho que viúvos são seus maridos que fogem do destino cruel, (ou será que fogem da família, da impotência de alimentar os filhos, ou da própria covardia). Desculpe-me se pareço rude escrevendo este termo a pessoas tão sofridas, mas me parece covardia abandonar a mulher cheia de filhos para tentar uma vida melhor.

Muitos de fato não encontram nada melhor, outros encontram outra mulher e formam outra família esquecendo daqueles a quem deixou na mais profunda miséria.

A mulher, ao contrário jamais abandona seus filhos e, se era difícil antes com o marido ao lado, imagine depois sozinhas…

Mas resistem e lutam e secam com o sol. Suas faces enrugadas demonstram uma velhice precoce. Mas o mesmo sol as torna fortes, inquebrantáveis na esperança e na fé e assim conseguem criar os filhos de maneira sofrida, mas honrada.

A minha homenagem de hoje vai para estas mulheres. Mulheres que lutam contra a própria natureza e sofrem caladas, resignadas, e vencem batalhas que os homens abandonam por considerarem perdidas.

À TODAS elas meu eterno respeito, meus cumprimentos e meu desejo de vida melhor.

Que vocês possam viver a felicidade de ver seus filhos vencendo, que vejam seus netos podendo estudar e tornarem-se “doutor”.

À vocês meu louvor.

Feliz dia das mulheres!

Angel

18 comentários:

Du disse...

Angel, que texto lindo e emocionante!

Beijos!

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Um resto de uma boa semana...

O eterno abraço…

-MANZAS-

Liliana G. disse...

Muy bueno tu pensamiento, Angel. Estoy de acuerdo con vos y hago mías tus palabras porque me aúno a ese clamor por las mujeres de todos los tiempos y lugares de la tierra.
Un gran beso.

UIFPW08 disse...

Bellissino Angela BRAVA

graciete filipe disse...

Meu amor fico muito lisongeada pelo seu carinho. Mas os seguidores agora estão diferentes basta se tiver ai a minha foto no seu blogue clicar em seguir este blogue.
se não tem de ir a painel e fazer seguir e seguinte.Mas de qualquer modo eu fico feliz pela tentativa beijo em seu coração

graciete filipe disse...

LINDA MEU AMOR OBRIGADA DE CORAÇÃO
UM GRANDE T.D.B. PARA SI

Eduardo Miguel disse...

- Olá Angela!!! vim passar a conhecer seu blog, vi e li tudo!
Olha quero agradecer sua visita e suas palavras espero que possamos nos comunicar e sempre que possível nos façamos visitas para papear, será um prazer
Um abraço grande e mais uma vez obrigado pela visita.

Flavio Ferrari disse...

Como eterno fã, sou suspeito.
Mas os homens também tem seu valor.
Então, viva a humanidade !

€ster disse...

Olá!!


Passei para
lembrar-lhe que,

Segunda-feira dia 09
é dia de Blogagem Coletiva!

Sucesso para todos nós!


Abs,

Izinha disse...

Linda homenagem amiga e parabéns por lembrar dessas guerreiras.

Vim te deixar o Selinho Blogamigo, está na lateral e gostaria q vc aceitasse.

bjos e ótimo fds!

Carla Silva e Cunha disse...

ola
hoje passo por aqui para o convidar a ver o blog do meu pai
tem telas lindas
passe por lá e deixe o seu comentário
boa noite
beijinhos
Carla

wwww.acordeirodacunha.blogspot.com

Cris Michelon disse...

Angela..essas mulheres são especiais. Mulheres tão bonitas como as estrelas, porque lutam todos os dias para fazer do mundo um lugar muito melhor para se viver.
Parabéns a estas mulheres encantadoras.
um beijo especial para você amiga.
bjs

ParadoXos disse...

beijos em ti e viva essa força progenitora de vida!

Conceição Duarte disse...

Angel... precisava mesmo fazer na alma uma boa limpeza. A coisa por lá é feia demais!!!

Estamos perto do horror! Mas há de ter uma solução. Dizem que o caminho da democracia é está lavação de roupa mesmo, para depois vir a máquina de primeira geração... Será? Afe, rezo diariamente par que isso aconteça.

Enfim, vamos nós...
Oremos! Quem sabe dará certo...

Bjus e pensei também agora... Os planos de saúde não querem dar proteses nem para quem quebra o fêmur, ou coisas assim de extrema necessidade, ela poderia fazer com que nós mulheres pudessemos recorrer da cara de plástica, para mexer com a auto-estima de muitas delas que precisam heheheh

Ai ai, só a gente mesmo! Que país é este , hein????
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

bj again, CON

Navegante Del Alma disse...

Hola, hermoso todo lo que aqui publicas.
En mi blog hay historia nueva y algo para todas las mujeres que lo visiten en los próximos dias.
Besos.

Luna disse...

Dessas mulheres está o mundo cheio.
Filhas do desamor, da sumiçäo, do mêdo, do sofrimento, do silencio, do trabalho näo reconhecido, escravas dos pais, dos maridos, dos filhos, do mundo.
Uma minoria silenciosa...
Mas têmos que prestar atençäo, ouvir a sus mágoas, as sus palavaras, e dar-lhes a mäo.
Têmos que ser a mäo donde possam encontrar ajuda e compañia.
Estemos con elas.....

Um beijo.

Conceição Duarte disse...

Menina achei o comentário a que me referi no meu blog, queria colocar seu link e nao conseguia, agora vou lá consertar hahahah

Onde vc viu a minha revolta, no P.L é? FIco babando mesmo!
Enfim, não podemos nos calar, primeiro o respeito humano, depois os dogmas.

Bjus te amo tb, CON

Valdemir Reis disse...

Amiga Angel,valeu! Obrigado por sua visita, fico muito honrado e feliz. Porque somos felizes quando contribuímos para a felicidade dos nossos semelhantes. Deixo um abraço fraterno e justo. Cada vez que volto aqui me sinto melhor, parabéns. Seu Blog esta a cada dia mais interativo. Sua postagem de excelente qualidade e atrativa, gostei, maravilha! Votos de muito sucesso, de par com os de um ótimo e alegre final de semana. Encontraremos-nos sempre por aqui... Aguardo sua visita. Que a misericórdia divina nos cubra de suas infinitas bênçãos, muita paz, luz e proteção.
Valdemir Reis